Expectativas em crianças, como encontrar o equilíbrio entre estresse e demanda

Qual pai não quer o melhor para seus filhos? Quem não imaginou seus filhos em uma posição alta ou sendo o melhor em seu trabalho? Demanda para os pequenos, o rendimento máximo assegurará, a longo prazo, um bom uso em algumas excelentes qualidades. No entanto, onde está o limite? Como você pode evitar que o desejo alcance o mais alto de se tornar stress?

Precisamos encontrar o equilíbrio entre os padrões de implementação para garantir a responsabilidade nos estudos e o desempenho máximo, e outro para transformar essas tarefas em um tédio excessivo. Para este propósito, do Centro de Saúde Mental Julián de Ajuriaguerra para Crianças e Adolescentes da Associação Haurrentzat, são oferecidas as seguintes dicas para aprender: demanda.


Regras sim, mas na sua medida justa

Parte do crescimento das crianças passa por ensiná-las a agir e as regras que governam a sociedade. A autoridade dos pais é uma ferramenta fundamental para aplicar essas regras que garantem o máximo desempenho dos menores. No entanto, não devemos perder de vista o significado desses ensinamentos: orientar e Não se desespere. Por esta razão, devemos também aplicar paciência e sermos flexíveis quando se trata de educar.

No entanto, o medo de que as crianças não atendam a essas expectativas faz com que os pais coloquem muito firme e perfeição é exigida. Isso acaba causando estresse nos pequenos na busca de fazer tudo bem. Por outro lado, nas crianças existe o medo de fazer as coisas erradas e causar insegurança devido a essa rigidez na transmissão de normas.


A chave? Especialistas deste centro indicam que os pais devem parar e reconhecer o habilidades de seus filhos, o humor dos pequenos e fadiga. Os idosos devem saber que nem sempre é possível cumprir tudo e que às vezes a falha é possível. A missão é não relaxar e fazer com que essas regras sejam implementadas, incentivando as crianças a seguir em frente.

A busca pelo equilíbrio

É muito importante conhecer a rigidez que está sendo aplicada a cada momento e a direção que a educação está tomando. Estes são alguns chaves para isso:

- Tenha regras claras na sua cabeça, mas permitindo exceções à regra.

- Lembre-se de que os padrões não devem ser protetores e devem ser poucos, claros e coerentes.

- Seja flexível negociando as regras com as crianças, respeitando suas preferências, mas sem esquecer a autoridade paterna.


- Lembre-se da idade e do estado emocional da criança e exija de acordo.

- Ajude e ouça as crianças se elas tiverem dificuldades com o comportamento delas.

- Interpretando o mau comportamento, você vai dizer alguma coisa, reivindicar alguma atenção?

- Use um senso de humor e tolerância nos padrões de educação.

- Exercer a autoridade é comandar, mas também ser um exemplo.

- Não use discursos longos, sim segurança nas decisões, mantendo a calma e ouvindo.

- Seja paciente com a sua aprendizagem, dando-lhes tempo e deixando-os saber tudo o que querem.

Damián Montero

Vídeo: BIODESCODIFICANDO el ÁRBOL FAMILIAR INCONSCIENTE (Tu personalidad y el orden de nacimiento)


Artigos Interessantes

Que tipo de personalidade nossos filhos têm

Que tipo de personalidade nossos filhos têm

Cada pessoa é como um floco de neve, não há dois exatamente o mesmo. Isso se reflete em um estudo da Universidade Carlos III de Madri que encontrou quatro tipos básicos de personalidade em que eles...