Expectativas em crianças, como encontrar o equilíbrio entre estresse e demanda

Qual pai não quer o melhor para seus filhos? Quem não imaginou seus filhos em uma posição alta ou sendo o melhor em seu trabalho? Demanda para os pequenos, o rendimento máximo assegurará, a longo prazo, um bom uso em algumas excelentes qualidades. No entanto, onde está o limite? Como você pode evitar que o desejo alcance o mais alto de se tornar stress?

Precisamos encontrar o equilíbrio entre os padrões de implementação para garantir a responsabilidade nos estudos e o desempenho máximo, e outro para transformar essas tarefas em um tédio excessivo. Para este propósito, do Centro de Saúde Mental Julián de Ajuriaguerra para Crianças e Adolescentes da Associação Haurrentzat, são oferecidas as seguintes dicas para aprender: demanda.


Regras sim, mas na sua medida justa

Parte do crescimento das crianças passa por ensiná-las a agir e as regras que governam a sociedade. A autoridade dos pais é uma ferramenta fundamental para aplicar essas regras que garantem o máximo desempenho dos menores. No entanto, não devemos perder de vista o significado desses ensinamentos: orientar e Não se desespere. Por esta razão, devemos também aplicar paciência e sermos flexíveis quando se trata de educar.

No entanto, o medo de que as crianças não atendam a essas expectativas faz com que os pais coloquem muito firme e perfeição é exigida. Isso acaba causando estresse nos pequenos na busca de fazer tudo bem. Por outro lado, nas crianças existe o medo de fazer as coisas erradas e causar insegurança devido a essa rigidez na transmissão de normas.


A chave? Especialistas deste centro indicam que os pais devem parar e reconhecer o habilidades de seus filhos, o humor dos pequenos e fadiga. Os idosos devem saber que nem sempre é possível cumprir tudo e que às vezes a falha é possível. A missão é não relaxar e fazer com que essas regras sejam implementadas, incentivando as crianças a seguir em frente.

A busca pelo equilíbrio

É muito importante conhecer a rigidez que está sendo aplicada a cada momento e a direção que a educação está tomando. Estes são alguns chaves para isso:

- Tenha regras claras na sua cabeça, mas permitindo exceções à regra.

- Lembre-se de que os padrões não devem ser protetores e devem ser poucos, claros e coerentes.

- Seja flexível negociando as regras com as crianças, respeitando suas preferências, mas sem esquecer a autoridade paterna.


- Lembre-se da idade e do estado emocional da criança e exija de acordo.

- Ajude e ouça as crianças se elas tiverem dificuldades com o comportamento delas.

- Interpretando o mau comportamento, você vai dizer alguma coisa, reivindicar alguma atenção?

- Use um senso de humor e tolerância nos padrões de educação.

- Exercer a autoridade é comandar, mas também ser um exemplo.

- Não use discursos longos, sim segurança nas decisões, mantendo a calma e ouvindo.

- Seja paciente com a sua aprendizagem, dando-lhes tempo e deixando-os saber tudo o que querem.

Damián Montero

Vídeo: BIODESCODIFICANDO el ÁRBOL FAMILIAR INCONSCIENTE (Tu personalidad y el orden de nacimiento)


Artigos Interessantes

O perigo de brincar com um ponteiro laser

O perigo de brincar com um ponteiro laser

Apesar do controles que as administrações públicas exercem sobre os brinquedos para garantir que sejam adequados para as crianças, existem milhares de objetos que escorregam no mercado sob a...

Câncer infantil: razões para esperança

Câncer infantil: razões para esperança

A incidência de câncer em crianças é muito baixo, só responde por 3% de todos os cânceres, atingindo Sobrevivência de até 70-80%. NoDia Internacional da Criança com CâncerA Federação Espanhola de...