Parasitas no verão, como evitar suas mordidas

Apesar de todo o ano parasitas eles têm uma alta presença, da primavera e do verão esses pequenos seres aumentam sua incidência. Parques, áreas naturais e outros locais com vegetação são transformados em ambientes suscetíveis à infecção e às conseqüentes infecções.

Como sempre, o melhor tratamento é a prevenção. Precauções extremas com este tema irão manter longe do corpo de pequenos carrapatos, pulgas e outros parasitas. Desde o Centro de Controle e Prevenção As dicas a seguir são oferecidas para esta estação em que tanto tempo é gasto fora e onde há vários riscos a serem levados em conta.

Antes de sair

Pensando em um dia longe de casa? Campo, uma área rural, ou apenas um passeio no parque? Não se esqueça do seguintes elementos:


- Use repelentes na pele. Os pais devem dar este produto aos seus filhos, evitando as mãos, os olhos e a boca.

- Saiba onde pode haver carrapatos ou outros parasitas. Carrapatos vivem em áreas cobertas de grama, arbustos ou muitas árvores, ou até mesmo animais. Se você planeja acampar ou caminhar por áreas arborizadas, deve-se tomar extremo cuidado. Os animais devem ser verificados com freqüência.

- Vista roupas longas que cubram a maior parte do corpo e cores claras, para que seja mais fácil reconhecer parasitas como carrapatos.

- Certifique-se de que os sapatos estão bem fechados e a meia sobre as calças.

- Em casas com jardins e áreas externas, é sempre melhor manter a grama hidratada, pois as áreas secas são o foco da atração de parasitas.


- Use pesticidas em áreas ajardinadas para evitar a presença desses seres em casa.

Ao chegar em casa

Mesmo que todas estas tenham sido tomadas medidas de prevenção, você tem que levar em conta outras medidas quando chegar em casa:

- Verifique as roupas para ver se há carrapatos ou outros parasitas. Estes seres podem chegar em calças ou meias, as roupas devem ser enviadas para o secador a alta temperatura por 10 minutos

- Quando chegar em casa, você não precisa adiar o chuveiro por muito tempo. Tomar banho nas duas horas imediatas depois de ter estado ao ar livre reduz o risco de ser mordido por carrapatos não vinculados e é um bom momento para verificar se você não tem nenhum.

Damián Montero

Vídeo: Como parar de Ranger os Dentes à Noite e por que É Perigoso


Artigos Interessantes

10 dicas para cuidar da pele atópica

10 dicas para cuidar da pele atópica

O dermatite atópica, muito comum em crianças, é produzido por um déficit na produção de ceramidas da pele. As ceramidas são uma família de lipídios naturais, graças a elas as células são mantidas...

6 exercícios de habilidade espacial para crianças

6 exercícios de habilidade espacial para crianças

A capacidade espacial, e especialmente as relações espaciais, não se consolidam até 10 anos. Mas mais importante do que ir rápido, é fazê-lo com ordem e perseverança. Após cerca de dois anos e meio,...

Os 'pais tigre' que querem crianças hiperpreparadas

Os 'pais tigre' que querem crianças hiperpreparadas

O extracurricular é um mundo à parte. Comentamos no outro dia várias mães que isto, em nossa infância, não foi nem assim nem similar. Mas, é claro, nossos santos não precisavam fazer o pinheiro com...