Trabalhe paciência com a família

O paciência É uma virtude difícil de alcançar, mas fácil de perder. Situações estressantes podem exceder qualquer um, até mesmo adultos. Um exemplo claro é pedir constantemente a uma criança que se comporte bem e veja como ela repete esse comportamento uma vez. Ou veja como você sempre tem que constantemente pedir a ele para consertar seu quarto dia após dia.

No entanto, perder o seu temperamento na frente de seus filhos não é recomendado. Talvez a curto e médio prazo os resultados não sejam vistos, mas a longo prazo seria possível encontrar uma solução para estas situações. Para poder enfrentar esses pequenos "batalhas"Nada melhor que paciência, uma virtude que vale a pena aprender no caso dos pais para enfrentar o desafio da educação de uma criança.


Paciência e passividade não são as mesmas

Do Centro de Psicologia López de Fez, destaca-se que o primeiro passo para o trabalho paciência é saber que não há resultados imediatos. Tudo envolve um processo de amadurecimento até atingir o que você deseja. Talvez dizer a uma criança que ela não se comporta de tal maneira, não no momento, mas manter-se firme nesse comportamento fará com que a criança entenda que essa atitude não é apropriada no futuro.

Nem devemos confundir paciência com passividade. Se algo não funcionar, isso não significa que você não precisa continuar trabalhando para atingir o objetivo. Em qualquer caso, você pode debater o que poderia ter falhado e se há algo para melhorar no futuro. Uma nova estratégia pode ser tudo o que é necessário, mas nunca abaixe os braços na ausência de resultados.


A renúncia também é um caminho a seguir. Alguns pais simplesmente pensam "meu filho é assim", em vez de procurar outra solução para a situação que ele se recusa a mudar. Pouco a pouco tudo vai melhorar, embora às vezes seja verdade que não é apreciado a olho nu. Além disso, as crianças também terão um importante lição sobre o que significa persistir até conseguir o que você propõe.

Trabalhe para ser paciente

Parece fácil, mas dominar a paciência é um assunto muito complicado de alcançar. Aqui estão algumas dicas para isso:

- autocontrole Para não perder a paciência, a melhor coisa é se controlar, para isso você pode recorrer a exercícios de respiração e outras técnicas para reduzir o estresse.

- Encontre suporte. A paciência tem um preço alto que é pago a tempo, às vezes pode parecer que falta força. Mas nada melhor que procurar apoio do casal.


- Controle tudo antes de irromper. Essas situações que causam falta de paciência podem ser evitadas se os padrões anteriores à sua aparência forem detectados.

- Lembre-se do objetivo. Antes de desistir, nade melhor do que lembrar o objetivo de longo prazo: obter uma boa educação para os pequenos.

Damián Montero

Vídeo: Cláudio Duarte - Teste de paciência


Artigos Interessantes

Dicas para escolher o nome do bebê

Dicas para escolher o nome do bebê

Você está esperando por um bebê e ainda não sabe qual nome colocar? Escolher o nome de nossos filhos nem sempre é uma tarefa simples. Existem inúmeros guias na Internet que podem nos inspirar, mas o...

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Todos, em maior ou menor medida, mais ou menos conscientemente, vivemos situações que deixaram sua marca em nós. O problema aparece quando esse traço nos impede de levar uma vida normal, nos causa...

A venda de livros infantis ressurge

A venda de livros infantis ressurge

O que você dá a ele? Entre as propostas de presentes para nossos filhos, os melhores são sempre educativos e, dentro deles, os livros. Um pensamento que cada vez mais se estende entre os pais, pelo...