Como ser pais de um nativo digital e ter sucesso de acordo com Harvard

Novas tecnologias mudaram tudo. Não apenas as formas de comunicação ou lazer, mas até mesmo o currículo dos pais. Agora, todo pai deve dominar habilidades digitais ser capaz de educar bem seus filhos, aqueles que nascem cercados por aparelhos com uma conexão à internet que abre as portas de um mundo on-line que possui inúmeros riscos que devem ser evitados.

Para lidar com essa situação, Harvard oferece aos pais uma série de chaves para ser um bom pai de um nativo digital. Várias dicas para garantir que os menores da casa aproveitem ao máximo o potencial das novas tecnologias e as utilizem de maneira responsável. Uma maneira de acompanhar seus filhos como em qualquer outro assunto.


Ser pai na era digital

As crianças crescem hoje em um ambiente repleto de tecnologias que podem ser muito úteis se forem usadas corretamente. Para conseguir isso, a Universidade de Harvard propõe dicas aos pais dessas crianças:

- Tratar novas tecnologias como qualquer outro elemento na vida das crianças. Os pais também devem querer saber o que seus filhos fazem on-line, assim como eles estão interessados ​​em suas atividades em sala de aula ou com seus amigos. E assim como existem regras sobre o comportamento na escola e com seus colegas, você também deve ter regras sobre a vida na rede.

- Definir limites e incentivar outras atividades. Recomenda-se impor limites razoáveis ​​que não restrinjam o uso de novas tecnologias, mas que não se traduzam em abuso. Também é importante que as crianças descansem de tempos em tempos em novas tecnologias e aprendam a viver no mundo real que as rodeia.


- Famílias que brincam juntas aprendem juntas. Os pais devem acompanhar seus filhos ao usar novas tecnologias. Em vez de usar a mídia como babá, você tem que usá-los como uma maneira de se divertir e aprender juntos.

- Seja um bom modelo. Se o pai passa o dia todo conectado ao seu telefone, tablet, computador o tempo todo, a mensagem que é enviada para a criança não é das melhores.

- Mostrar o valor da comunicação face a face. Interação pessoal no mundo físico é crucial para relacionamentos e saúde mental. Novas tecnologias podem ajudar a manter contato com parentes distantes, mas em casa sempre melhor cara a cara.

- Crie zonas e momentos sem tecnologia. Às vezes, a tecnologia pode interferir nas atividades cotidianas, como estudar, dormir ou comer. Portanto, lugares como o quarto ou a sala onde você estuda devem estar livres dessas tecnologias, a menos que sejam essenciais para encontrar informações.


- Não use a tecnologia como uma "chupeta emocional". Se a criança tiver uma birra, você tem que acalmá-lo falando e nunca dando-lhe um dispositivo com uma conexão à internet para acalmá-lo. Desta forma, será evitado que cada vez que a criança queira acessar o conteúdo online monte o shtick.

- Aprenda sobre o conteúdo recomendado. Os pais devem estar cientes dos materiais que seus filhos podem manipular e nunca permitir que eles instalem aplicativos sem primeiro serem informados sobre seu conteúdo.

- Ensine a ser um bom "cidadão digital" e ser responsável. O tempo on-line não deve deixar as atividades e os relacionamentos off-line de lado. Em seu uso de plataformas como chats e redes sociais, elas devem ser amigáveis ​​e educadas. Nunca use o anonimato para insultar os outros e, claro, lembrar a privacidade.

- As crianças vão cometer erros. Assim como quando você aprende a andar, andar de bicicleta ou qualquer outro campo, aqui também eles vão cair e os pais devem incentivá-los a tentar novamente.

Damián Montero

Vídeo: Educar de um modo diferente | Nuricel Villalonga | TEDxUFU


Artigos Interessantes

Efeitos da depressão materna no bebê

Efeitos da depressão materna no bebê

Após 9 meses de espera, finalmente, o bebê nasce e a mãe se sente triste. Uma depressão emocional em que deveria haver felicidade ao dar à luz é o sinal que indica que algo não está certo. E é queUma...

As dificuldades de ser mãe solteira

As dificuldades de ser mãe solteira

Ter um filho é uma experiência única e maravilhosa que muda completamente a vida. Hoje há muitas mães que, devido a diferentes circunstâncias, separação, abandono do casal, por sua própria escolha,...

Dislexia: 10 chaves para evitar o fracasso escolar

Dislexia: 10 chaves para evitar o fracasso escolar

Vamos imaginar que tentamos ler um texto ou uma frase simples e as letras começam a se mover e mudar de posição, seria muito difícil para nós entender cada palavra e mais ainda o texto completo. Algo...