Chaves para reconhecer possíveis problemas em crianças

Todo pai quer ajudar seu filho. Vendo que os pequenos têm problemas não é um prato de bom gosto para qualquer pai, no entanto, para ser capaz de apoiar o pequeno e não tão pequeno você tem que prestar atenção. Muitas vezes as crianças escondem o que altera seu dia a dia por causa da vergonha e do medo das consequências.

Diante desse silêncio, os pais tocam aguçar seus sentidos e preste atenção ao que acontece com seus filhos. Desde a Entendido Fundação Dão várias dicas para poder observar as crianças, sem fazer com que se sintam vigiadas e, assim, reconhecer possíveis problemas para resolvê-los ou falar sobre eles, a fim de poder prestar apoio total nessa situação.


Atenção, nunca controle

O primeiro passo que os pais devem entender é que seu trabalho nesse sentido é prestar atenção ao que acontece com seus filhos. Eles nunca devem controlar o que acontece com as crianças e interferir na sua dia a dia. Aqui estão algumas dicas para poder observar sem se intrometer antes do tempo:

- Escolha um comportamento. Antes de começar a observar, você precisa decidir em que deseja focar sua atenção. Mau humor? Comportamento Agressivo

- Tome nota em um meio que permite revisão e consulta para verificar as informações dos diferentes dias.

- Observe de todas as formas possíveis. Não apenas no momento em que o comportamento aparece, também nos momentos antes e depois para ver possíveis gatilhos ou conseqüências.


- Compre a evolução ao longo do tempo. A atitude de hoje pode ser diferente da de amanhã, o que mudou? Por quê?

- Tente ajudar. Com as informações coletadas, os pais podem tentar ajudar seus filhos. Você também pode anotar se o suporte que você deu tiver algum efeito.

- Peça ajuda se um problema sério for reconhecido. Se os pais descobrirem que um problema sério está oculto por trás de um comportamento como um caso de intimidação escolar, ele deve ser levado à atenção das autoridades competentes.

Incentivar a comunicação

Para descobrir problemas com as crianças, não apenas tem que observar, você também precisa saber como se comunicar com elas. Estas são algumas dicas que são dadas a partir do Academia Americana de Pediatria:

- Estar disponível. Os pais devem estar sempre disponíveis para seus filhos e fazer lacunas em suas agendas para ouvir seus problemas.


- Saber escutar. Não é o mesmo ouvir ou ouvir, quando as crianças falam, devemos prestar o máximo de atenção possível ao que elas dizem.

- Mostrar empatia. Você tem que sintonizar seus próprios sentimentos com os dos filhos e deixá-los saber que sua situação é compreendida. Por menor que pareça um problema, não devemos prestar atenção e pensar que são coisas de crianças.

- Manter a calma. Durante a escuta é possível aprender algo que você não gosta, mas você tem que estar calmo e disposto a ajudar, não ficar com raiva.

Damián Montero

Vídeo: Os perigos dos maus-tratos infantis


Artigos Interessantes

Educar sem gritar: se você gritar, eles gritam

Educar sem gritar: se você gritar, eles gritam

Sua casa ficou louca? Seus filhos estão sempre gritando? O que aconteceu, como poderíamos ter chegado a esta situação? Se você quiser parar de gritar em casa, tente educar sem gritar para seus filhos...

As universidades com melhor desempenho na Espanha

As universidades com melhor desempenho na Espanha

Após o ensino médio, e depois de passar nos testes relevantes, um dos caminhos que estão abertos para os jovens é o colégio. Muitos são os centros de ensino superior que estão localizados na Espanha...

Idéias para treinar cidadãos ativos

Idéias para treinar cidadãos ativos

É comum ouvir que os jovens de hoje só pensam em se divertir, viver confortavelmente e serem imaturos e irresponsáveis. Não há como negar que existem muitos deles, mas também é verdade que muitos...