Medos no casal, como superá-los e fortalecer essa união

O medo é uma reação natural ao desconhecido e a outras situações que podem supor a perda de controle por parte dos indivíduos. Mesmo em contextos tão bonitos quanto o amor do casal, geralmente aparecem certos medos que impedem o máximo prazer da outra pessoa e os momentos que são compartilhados com ela.

Supere estes medos Ajudará a fortalecer a união entre o casal e ensinará uma boa lição sobre como lidar com as pedras que aparecem ao longo do caminho. Embora esses terrores não possam ser evitados, especialmente no início dos relacionamentos, é possível combatê-los e enfrentá-los quando eles aparecem.


Medo de compromisso

Este é um dos medos mais comuns no casal, especialmente no início de um relacionamento. Como o psicólogo explica Ciara Molina Esse medo aparece diante da ideia de que a bolha de bem-estar em que a pessoa vive pode ser quebrada, uma falsa sensação de perigo diante da ideia de que pode piorar o contexto em que se vive e que o atual bem-estar muda.

Em resumo, esse medo é o mesmo que qualquer um sente ao sair de sua zona de conforto e começar algo novo. Um passo em direção ao desconhecido sempre causa medo nos indivíduos. Casais que passam por essas situações em primeiro lugar devem cara que nem tudo tem que ser como o resto, que todo mundo age em seu próprio ritmo e que o amor pode ir para outro ritmo.


As pessoas com medo de compromisso devem ir pouco a pouco, verificando se lucros O que eles podem obter dessa situação é maior do que o que eles têm quando estão sozinhos. Em suma, enfrente esses momentos com calma e nunca fuja dos problemas. Recomenda-se também que eles façam um esforço para conversar com o outro membro do casal sobre os sentimentos que aparecem para que possam lidar com eles em profundidade.

Medo do abandono

O psicólogo Natalia Vivas Também fala do medo do abandono como um dos comuns no casal. Essas pessoas temem a ideia de perder o parceiro e todos os benefícios que essa coexistência lhes proporciona. Se no caso dos medos do compromisso a origem está em pânico para sair da zona de conforto, aqui a base aparece em um problema de confiança.

Essas pessoas precisam de aprovação constante de seus parceiros e um lembrete de que são amadas. O sentimento de inferioridade causa medo de que o outro indivíduo pense o mesmo e o primeiro passo para superar esse terror é ser consciente que, se o amor surgiu, é porque alguma coisa de nós gostou da outra pessoa.


Damián Montero

Vídeo: O Que Destrói um Casamento - Paulo Junior (LEGENDADO)


Artigos Interessantes

Que tipo de personalidade nossos filhos têm

Que tipo de personalidade nossos filhos têm

Cada pessoa é como um floco de neve, não há dois exatamente o mesmo. Isso se reflete em um estudo da Universidade Carlos III de Madri que encontrou quatro tipos básicos de personalidade em que eles...