Olho para o rótulo, nova campanha para proteger contra envenenamento em menores

A segurança dos pequenos é um dos pontos que mais preocupam os pais. A prevenção é sempre melhor do que remediar e, no caso de acidentes infantis, participar de algumas instruções é uma grande ajuda. Por essa razão, da Confederação de Consumidores e Usuários, CECU, lançou uma nova campanha focada nos produtos químicos presentes em muitos lares.

Com o nome "Eye to the Label", os pais da CECU lembram-se das informações importantes oferecidas pela embalagem de produtos químicos, como os utilizados para a limpeza. Dados que ajudam a conservar esses artigos para evitar acidentes por meio da ingestão ou manipulação por crianças, bem como os primeiros socorros que devem ser seguidos nesses casos.


O que deve incluir um rótulo de produto?

Como já foi dito, o rótulo no contêiner dos produtos inclui numerosas informações que alertam os pais sobre os perigos. Necessário pegue-se neste painel? Estas são as recomendações do CECU:

- Composição do produto. Esta informação é muito importante. Pense, por exemplo, em pessoas que são alérgicas a uma determinada substância ou que foram envenenadas em casa com um produto tóxico. Se o médico souber a composição do produto, você pode indicar o tratamento correto.

- Período recomendado para uso ou consumo do produto. Esta data tem que estar no rótulo quando o produto, por exemplo, perde alguma qualidade ao longo do tempo.


- as características essenciais do produto; instruções, avisos, conselhos ou recomendações sobre como instalar, usar e manipulá-los.

- Perigo potencial do produto e informações sobre seu uso seguro.
Atendendo a esta última seção, há uma série de códigos que valem a pena conhecer. Como, por exemplo, a presença de uma caveira no rótulo, que indica um perigo devido à toxicidade dos produtos químicos, esses recipientes devem se afastar das crianças e evitar que os menores as vejam. Outros símbolos, como mãos sendo afetadas por um líquido, alertam sobre a possível corrosão deste artigo.

Uma exclamação, por outro lado, alerta para os riscos de ingerir o referido produto, uma vez que pode causar uma reação alérgica no organismo ou irritar a pele ao entrar em contato com ela. Uma chama, alerta o risco de inflamação do produto. Outros códigos servem para evitar outros riscos, como uma árvore que representa o ambiente e alerta para o perigo de não descartar o produto corretamente.


Outros rótulos importantes de produtos

Nem todos os rótulos que os alertas do CECU focam prevenção de acidentes infantis. Outros que se lembram também nos alertam sobre o conteúdo do artigo, algo que deve ser atendido, por exemplo, na compra de um videogame. Neste ponto, vale a pena lembrar os códigos do sistema PEGI, que alertam para possíveis perigos para menores.

Um grupo de três pessoas de cores diferentes indica que o jogo contém cenas de discriminação. Outros símbolos como "sanduiche"cheio de símbolos e asteriscos alerta da linguagem suja que pode ser ouvida no videogame, outro rótulo com um arranhão indica o medo que pode surgir a aventura que se desenvolve neste video game.

Claro, esses rótulos também fornecem uma código numérico que está relacionado com a idade recomendada para os jogadores de um título. Desta forma, os pais, apesar de não conhecerem a história, podem conhecer através destes símbolos o que estão comprando para dar aos filhos.

Damián Montero

Vídeo: The Coming War on China [2016, John Pilger]


Artigos Interessantes

Eduque em sentimentos

Eduque em sentimentos

Javier Urra Psicólogo e primeiro defensor infantilSomos treinados na aprendizagem do conhecimento, mas em que mais é necessário educar? "O conhecimento começa com sensibilidade" (Eliot). É...

Criatividade na infância promove empreendedorismo

Criatividade na infância promove empreendedorismo

O criatividade É uma forma de expressão com inúmeros benefícios, que deve começar a trabalhar com crianças de pequeno porte. Embora, em princípio, pareça ser criativo, é necessário ter um talento...

97% dos pais incentivam atividades extracurriculares

97% dos pais incentivam atividades extracurriculares

O atividades extraescolares eles são o complemento perfeito para a educação acadêmica das crianças. Eles ocupam o tempo de lazer e a lição de casa, mas são muito positivos para as crianças, de modo...