Os 'pais tigre' que querem crianças hiperpreparadas

O extracurricular é um mundo à parte. Comentamos no outro dia várias mães que isto, em nossa infância, não foi nem assim nem similar. Mas, é claro, nossos santos não precisavam fazer o pinheiro com os ouvidos para nos buscar depois da escola e essa "conciliação" era uma palavra ainda inexistente.

Em geral, os pais não estavam obcecados em nos ensinar três esportes e quatro idiomas diferentes. Além do inglês precário da escola, ministrado por uma boa senhora de Cuenca que se formou, na época de Franco, em filologia francesa - é assim que se parece com nosso cabelo -, um pai muito "moderno" apontou seus filhos para uma academia onde uma professora da Sepulveda, mas desta vez com a filologia inglesa, ela atraía os alunos para a gramática e, de vez em quando, colocava uma velha fita de rádio para ouvir um falante nativo com uma voz alegre.



Agora, o que é estilizado é ser uma 'mãe tigre'. É aquele que tem várias agendas paralelas, todas sem um único espaço disponível: o seu e os seus filhos que, sob a proteção da frase sucinta de que a única coisa que os deixará na vida é a sua educação, tem decidiu enterrá-los sob toneladas de educação de validade duvidosa.


Porque essa mãe é muito lida e é muito moderna. E desde que ele sabe que o xadrez é bom para afiar a engenhosidade matemática, ele aponta para seus filhos. E como você leu no jornal, a economia será dominada pela China em poucos anos, para as classes de mandarim que as apontam. E como você leu que é importante dominar o corpo e a mente, você tem um tipo de judô centenário e desconhecido. E como é bom que eles tenham um esporte de equipe, eles estão no jogo de futebol, mesmo que não gostem ou até andem com uma bola. E desde que ele quer gerar uma ambição saudável neles, eles também jogam tênis. É cedo para o golfe, mas tudo estará lá. E já que ela não podia estudar piano e é o seu sonho frustrado, porque solfejo e piano entre o tempo e o tempo, porque o mais importante é não perder tempo para que o mundo moderno não entre em cima de nós.


Essas crianças são dignas de toda nossa compaixão. A primeira razão é óbvia: falta-lhes um dos elementos mais importantes para o seu desenvolvimento adequado: tempo livre. Sua vida é como uma pista de obstáculos permanente em que não há um minuto para a improvisação e menos ainda para o jogo. Mas é que o jogo - que supõe estar com os amigos - e a improvisação - que põe a imaginação em movimento - são muito mais necessários do que o mandarim.

A segunda razão pode parecer menos óbvia, mas especialistas em educação estão começando a perceber que este tipo de crianças está muito bem preparado no campo acadêmico, mas praticamente não tem habilidades para a vida cotidiana. São crianças que sabem dizer sapatos em cinco idiomas diferentes, mas não sabem como amarrá-los. Embora eles possam memorizar grandes listas de palavras e estão acostumados a gastar muitas horas trabalhando, eles não são capazes de aceitar as regras do jogo que um grupo de amigos acabou de criar.


A terceira é muito séria e os "pais tigre" não estão cientes. Com seus melhores desejos, eles estão criando criança prodígio cuja auto-estima é baseada em sua superioridade naquelas áreas que dominam à perfeição. Mas, na realidade, eles tendem a ter problemas de baixa auto-estima - disfarçados com excesso de arrogância - em qualquer área que não lhes seja familiar. Porque eles se movem como peixes na água por causa dos imensos oceanos extracurriculares que seus pais visam, mas não sabem o que fazer em um aquário agradável e confortável para o qual não foram treinados.

Vídeo: Menino atacado por tigre em zoológico, Criança perde braço após ataque de tigre


Artigos Interessantes

Exames pré-natais, o que você precisa saber?

Exames pré-natais, o que você precisa saber?

Quão bonita é a experiência de gravidez, mas quantas perguntas não respondidas. Quando recebemos a notícia de que um novo membro está prestes a vir para a família, não é dado um livro de instruções....

Seus pés em boas mãos: chaves para pedicuro infantil

Seus pés em boas mãos: chaves para pedicuro infantil

A saúde dos nossos pés é uma parte essencial do nosso corpo. Por que isso é tão importante? Quais são os cuidados básicos que devemos ter sempre em mente? Quando vamos levar as crianças ao podólogo?...

Alimentos para prevenir e combater a anemia

Alimentos para prevenir e combater a anemia

O anemia É uma doença que causa fadiga e falta de energia. O responsável por esses sintomas é o falta de ferro, um mineral essencial para o bom funcionamento do corpo e que é necessário para a...