Conflitos familiares de verão, como tratá-los

O verão é uma época em que a maioria das famílias se reúne. Depois de muito tempo entre o trabalho, a escola e outras responsabilidades, os membros da família finalmente têm tempo para ficar juntos e compartilhar grandes momentos. Momentos perfeitos para comunicar uns com os outros e, desta forma, fortalecer o seu vínculo para se conhecerem um pouco mais.

Mas às vezes todo esse tempo juntos leva a discussões que trazem tensões mantidas ao longo do ano. Além disso, como em qualquer coexistência, é possível que o fato de ver as coisas de uma maneira diferente possa acabar causando uma briga. Não deixe que esses sentimentos negativos marquem as festas de final de ano, mas, pelo contrário, saiba como administrar esses momentos para aproveitar ao máximo a oportunidade oferecida hoje em dia para fortalecer o vínculo.


Ponto de inflexão

Se toda a família espera nesta época do ano para aproveitar as férias, é necessário perguntar por que então discuta e você não aproveita esse tempo juntos. A resposta está no ponto de virada desta época do ano. No restante dos meses cada membro organizou sua rotina e se adaptou a ela, quando começa o tempo livre, começa uma alteração desse dia a dia.

Uma alteração que também significa se adaptar a outras pessoas. Um bom exemplo é a organização de uma viagem onde todos dão seu ponto de vista e as tensões podem aparecer quando não se chega a um acordo sobre o destino e os locais a visitar. Outro exemplo de como um conflito pode surgir é o caso das crianças adolescentes, que, em alguns casos, preferem investir seu tempo livre em amigos e não em sua família.


Chaves para sobreviver às discussões

Não deixe que estes brigas dar origem a um mau verão em família. É necessário colocar as nossas para resolver estas tensões e aproveitar as férias ao máximo, e o que é mais importante, para aproveitar o resto dos membros da casa:

- Planejar e discutir planos de verão. Não deixe tudo para o último minuto devido. Os gostos e preferências de cada membro devem ser colocados na mesa com bastante antecedência na hora de decidir o destino.

- Organize as tarefas. No verão, o tempo livre cresce, mas isso não significa que não haja responsabilidades. Você tem que distribuí-los de maneira eficiente e não permitir que ninguém sobrecarregue para evitar situações tensas.


- Leve em conta os gostos de todos. As férias são apresentadas como a melhor opção para desenvolver os hobbies de cada um. Por esta razão, você tem que levar em conta os gostos de cada membro para que nenhum deles fique sem fazer o que eles realmente gostam.

- Evite tópicos de conversação conflitantes. As férias são um momento de relaxamento, é importante não trazer conflitos do passado, mas tentar perdoá-los para aproveitar ao máximo esse tempo.

- Redescubra sua família. Neste momento, como dissemos, você pode desenvolver os hobbies e hobbies de cada membro da família. Um ótimo momento para conhecer seus filhos e até mesmo seu parceiro, compartilhando esses pontos de vista e conhecendo seu próprio mundo a partir de sua perspectiva.

Seja flexível e ceda em alguns momentos. As férias são um momento para nos divertirmos e para a nossa família, esse deve ser o nosso principal objetivo. Às vezes vale mais a pena deixar um rancor passar do que se concentrar nele e causar um momento tenso que perturba a harmonia.

Damián Montero

Vídeo: Conversando A Gente Se Entende - Luciano Subirá


Artigos Interessantes

Guia prático para sobreviver aos exames

Guia prático para sobreviver aos exames

A ansiedade pode afetar o desempenho acadêmico e também os resultados dos exámentes. O processo mental pelo qual a ansiedade produz a deterioração do desempenho acadêmico ocorre quando as pessoas...

Aulas de dança: 5 benefícios psicológicos

Aulas de dança: 5 benefícios psicológicos

A dança em um linguagem universal presente em todas as culturas e fundamental nas relações sociais. Desde 2009, o húngaro István Winkler mostrou que as pessoas nascem com um sentido rítmico-musical,...