A luta contra a violência no esporte se tornará um assunto em algumas escolas

Esporte é competição, esforço, respeito pelo rival e diversão. No entanto, em algumas ocasiões, essa atividade mostra o lado mais feio que você tem. O violencia Ele assume esses torneios fazendo com que um dia a alegria se torne negra por causa das lutas entre pais que vêm ver seus filhos competirem. Em outras ocasiões, são as próprias crianças que se envolvem em disputas porque não concordam com o resultado.

Diante dessa situação, fica claro a proposta de mecanismos para remediar essa situação e devolver todos os valores positivos ao esporte. Portanto, algumas escolas introduzirão a luta contra a violência neste setor como assunto para estudo em suas salas de aula. Este é o caso dos centros de Madri, que visa agregar respeito e fair play no currículo acadêmico.


Recuperação de valores

Conforme relatado pela Comunidade de Madrid, a intenção é recuperar os valores que tradicionalmente marcaram o esporte. Para fazer isso, ele apresentará o assunto "Respeito e tolerância", que o próximo curso será divulgado e que ensinará aos alunos a importância de dizer não ao violencia nessas atividades. Este assunto é enquadrado entre outras ferramentas com as quais este Governo pretende acabar com esta situação.

O Plano para combater a violência no esporte que pôs em movimento esta comunidade tem como objetivo melhorar a coexistência em eventos esportivos e acabar com a violência neles. Por esta razão, não só introduz um novo assunto nas salas de aula, mas também levanta outros objetivos fora dos centros educacionais. Medidas que seriam lançadas em conjunto com as diferentes federações deste território.


Uma dessas medidas é que, no final de cada jogo nas categorias mais baixas, o espírito esportivo dos hobbies é valorizado com um cartão branco e um troféu é dado aos melhores torcedores a cada temporada. Dentro dos centros educacionais, a celebração de eventos esportivos em que os alunos participam, reforçando o respeito e os valores desta atividade.

Valores esportivos

A intenção desta iniciativa da Comunidade de Madrid é recuperar os valores no esporte. Estes são alguns que os pais devem promover em casa e certifique-se de transmitir para seus filhos:

- Respeito. Pais e filhos devem lembrar-se de que na frente deles têm outras pessoas humanas, com emoções e sentimentos. Não há valor mais importante que o resto e o bom tratamento do adversário, por mais adverso que seja o resultado. Se esse valor for perdido, é muito difícil garantir um bom relacionamento no campo.


- Cooperação. O esporte é um esforço de equipe, mesmo nos casos em que apenas uma pessoa compete. Depois da criança que bate na bola ou corre numa corrida popular, há uma equipe de pessoas atrás dele. Entender a necessidade de cooperação entre essas entidades é importante.

- Relacionamento social. A competição não é um lugar onde se mostra que é o melhor. É um ambiente perfeito para socializar com outras pessoas e melhorar valores como amizade e compreensão.

- Espírito de superação. Se você perder uma competição, você não tem que culpar o oponente ou se atormentar. Você tem que saber como superar, apertar as mãos de seu oponente e pensar sobre o que pode ser melhorado para a próxima vez. Todo erro é aprendido e de todas as situações há uma lição a ser integrada.

- Autodisciplina. Praticar um esporte envolve aprender algumas regras e adaptar-se a elas, não se deixar levar pelas emoções negativas do momento e pular essas regras.

- Sentindo-se bem consigo mesmo. Conquistar a vitória com fair play e ter conseguido chegar ao topo é uma das melhores sensações do mundo. E estes são alcançados através do caminho do esforço e do respeito pelo contrário.

Damián Montero

Vídeo: MELHOR video de reflexão sobre a vida- Você É o Que Você Faz


Artigos Interessantes

As 10 melhores praias para ir com crianças na Espanha

As 10 melhores praias para ir com crianças na Espanha

Brisa do mar, castelos de areia, água salgada, sol ... o que é melhor do que isso em um período de férias? Bem, pode haver: a praia é apropriada para ir com as crianças, seguro, limpo e, em suma, com...

Alimento sólido para o bebê: nunca antes de 6 meses

Alimento sólido para o bebê: nunca antes de 6 meses

As associações pediátricas mais importantes do mundo aconselham a introdução de alimentos sólidos na dieta do bebê após 6 meses. Antes desta data, o leite materno ou a mamadeira são suficientes para...