Quarto das crianças: como transformá-lo em um lugar seguro

Que dúvida é que a segurança é uma tarefa muito importante para os pais? Evite o perigos possíveis que pode causar danos a uma criança é um trabalho que vai afastar muitos momentos ruins: visitas ao hospital, choro da criança, ferimentos que se afastam do jogo, etc. Portanto, é necessário atentar para o fato de que a casa é o primeiro lugar livre de acidentes para crianças.

Especialmente naquelas salas onde você gastará muito do seu tempo, como o quarto da criança. Os mais jovens da casa passam grande parte de suas vidas nesta sala, seja brincando, dormindo ou fazendo lição de casa. Os pais terão que ter vários pontos em mente para garantir a segurança de seus filhos nessa área.


Camas e berços para o quarto das crianças

Como já foi dito, o quarto da criança É um dos lugares onde a criança passa a maior parte do tempo, porque é precisamente lá onde ele dorme. Tanto a cama quanto o berço devem ser levados em conta para evitar acidentes durante a noite. No caso do leito dos bebês, estes são alguns dos conselhos oferecidos pelos pediatras:

- A melhor posição para os bebês é boca para cimaporque de outro modo há mais instabilidade e causa mais insegurança.

- Objetos macios no berço devem ser evitados à noite, como bichos de pelúcia ou almofadas.

- os protetores, Além de serem objetos macios, que são presos com fitas, podem servir a criança para escalar.


- Almofadas não devem ser usadas a fim de evitar plagiocefalia (achatamento da cabeça).

- O espaço entre as ripas do berço Deve ter menos de 6 centímetros.

No caso da cama, a troca de cama nunca terá que ocorrer enquanto a criança tiver menos de 90 centímetros. Para evitar quedas, você pode colocar algum tipo de corrimão. Um carpete ou carpete pode ser colocado ao lado do colchão para reduzir o impacto caso a criança caia no chão.

Se você optar por um ninhada Para colocar a criança na cama, a primeira coisa a ter em mente é que qualquer criança com menos de 6 anos não deve dormir em uma dessas camas. As escadas para acessar o segundo nível dessas camas devem ser bem protegidas e a estrutura da cama desta área deve estar bem protegida para evitar que caiam em cima de quem dorme abaixo.


O beliche deve ter uma barra protetora de quatro lados e mede 16 centímetros de altura com barras separadas por 7 centímetros. Os pais devem observar que as crianças não brincam em cima desta cama, pois isso poderia causar uma queda acidental.

Outros elementos do quarto das crianças

Junto com as camas, existem outras elementos que deve ser levado em consideração no viveiro para evitar acidentes, sendo uma delas as prateleiras, que devem ser fixadas à parede no momento da colocação e verificadas periodicamente para alertar possíveis rachaduras nos fixadores.

Outros elementos do quarto das crianças, como as janelas, devem ter elementos que impeçam sua abertura completa para evitar que a criança caia no vácuo. A presença de elementos como móveis ou mesas de cabeceira em áreas próximas a seus quadros deve ser evitada para que os menores não consigo subir e se aproxime do buraco onde a queda é possível.

As portas devem ter sistemas que impeçam sua fechar compleDesta forma, evitar-se-á que, se a criança passar a mão pelos orifícios, ele possa apertar os dedos e causar alguma lesão.

Damián Montero

Vídeo: FIZ UM FORTE DE PAPELÃO DE DEFESA CONTRA ZUMBIS ☆ BATALHA ÉPICA ☆


Artigos Interessantes

Trabalhe paciência com a família

Trabalhe paciência com a família

O paciência É uma virtude difícil de alcançar, mas fácil de perder. Situações estressantes podem exceder qualquer um, até mesmo adultos. Um exemplo claro é pedir constantemente a uma criança que se...

Ford apresenta a nova galáxia

Ford apresenta a nova galáxia

A empresa americana Ford apresentou o novo Galaxy, modelo que incorpora um design atualizado, grande espaço interior e notícias em termos de equipamentos tecnológicos, além de um capacidade para sete...