Primeiros socorros, eles devem ser ensinados na escola?

Reagir bem a um acidente é muito importante. Os primeiros passos dados após um desses momentos podem fazer a diferença entre um susto ou um evento sério. É aqui que o primeiros socorros Eles marcam a linha entre essas duas possibilidades.

No entanto, a correta realização dessas práticas não está disponível para todos. Poucas pessoas sabem como realizar uma manobra RPC ou como agir se você observar um desmaio. É por essa razão que algumas entidades como Fundação MAPFRE oferecer cursos de formação de professores para que primeiros socorros tornar-se parte do conteúdo escolar nas escolas.


Os passos básicos

A missão é transmitir aos alunos os passos básicos para ajudar uma pessoa em perigo. Primeiros socorros que supõe o primeiro passo para salvar a vida da pessoa em perigo. O Guia dos Pais que fez esta fundação junto com o Associação Espanhola de Pediatria destaca três ações importantes quando você está com uma vítima de acidente:

- Proteger. A vítima de um acidente ou problema, como desmaios, está desprotegida. Existem muitos perigos que podem piorar as coisas. Por essa razão, criar um perímetro de segurança em torno dessa pessoa é primordial, será o suficiente para ficar com ela e garantir que nada aconteça com ela. Isso evitará que outros problemas piorem a situação.


- Avisar. O segundo passo, uma vez assegurada a vítima, será notificar os serviços de saúde o mais rápido possível para que eles possam comparecer o mais breve possível no local e ajudar a pessoa. O sucesso dessa situação dependerá da velocidade com que esses profissionais são contatados. É muito importante que os pequenos conheçam os números de emergência como 061 ou 112.

- Alívio. Se as manobras de primeiros socorros forem conhecidas, elas terão que ser usadas. Cada segundo conta nessas situações e muitas vidas podem ser salvas. Embora muitas dessas técnicas não sejam conhecidas, há coisas básicas a saber: nunca deixe a vítima sozinha até que os serviços de saúde cheguem, não mova a pessoa a menos que exista um perigo extremo de ser atropelado. Em caso de acidente de moto, o caso deve ser mantido na cabeça da pessoa que caiu do veículo.


Comportamento AVA

Os primeiros socorros não podem ser feitos apenas acidente. Antes que uma dessas situações aconteça, há também métodos que evitam levar as mãos à cabeça, já que a Cruz Vermelha incentiva as famílias a manter um comportamento AVAisto é, uma vida cotidiana caracterizada pelos seguintes pontos:

- Avisar do perigo. Existem muitos riscos em casa e no exterior. Devemos avisá-los e garantir que os menores mantenham uma atitude cautelosa. Olhe de cada lado antes de cruzar a estrada, faça-o pela passagem para pedestres e observe que o semáforo está vermelho. Em casa, explique que áreas como a cozinha não estão brincando e que alguns itens, como incêndios ou o armário de produtos de limpeza, só devem ser usados ​​por adultos.

- Avalie os possíveis riscos. Compre um novo móvel, um brinquedo com peças perigosas ou o local onde os remédios são colocados. Todas essas práticas devem ser monitoradas para evitar possíveis acidentes. Deve-se também ensinar às crianças essa avaliação, por exemplo, escolhendo rotas menos perigosas ou como se comportar jogando, para alimentar sua capacidade de reflexão.

- Adote atitude segura. Você deve sempre ter a segurança em mente. Em todas as áreas da vida deve estar ciente dos possíveis riscos e nunca perder de vista os perigos que podem tornar um dia triste.

Damián Montero

Vídeo: Primeiros socorros criança engasgada


Artigos Interessantes

Aprenda outra língua adulta, pode?

Aprenda outra língua adulta, pode?

Saber outros idiomas É tremendamente útil em nossas vidas. Facilita situações cotidianas, como trabalhar, pesquisar, viajar ... Mas parece que à medida que nossos filhos crescem e envelhecem, é menos...

Dor nas costas e sua relação com o uso do smartphone

Dor nas costas e sua relação com o uso do smartphone

O uso excessivo de dispositivos móveis tem consequências negativas, como aumento da dor nas costas. O dor nas costas está relacionada com o uso do smartphone e isso se reflete em um estudo realizado...