Tradições e sua importância para as crianças

Uma das principais preocupações dos pais é, geralmente, o caminho para incutir valores em seus filhos, uma vez que não é uma prática concreta ou uma idéia, mas uma maneira de ver a vida e entender o mundo.
É neste contexto que as tradições assumem especial relevância, pois é um mecanismo através do qual somos capazes de transmitir às crianças mais novas que tipo de ações devem ser levadas em conta e quais fatores sociais são mais importantes. As tradições são, portanto, atividades fixas que se repetem no calendário mais ou menos periodicamente, e através das quais mostramos um valor concreto, como a vida familiar, o respeito pelos idosos ou nosso conceito particular de família.
Essas rotinas podem ser de dois tipos: especiais, ligadas a eventos ou festividades (aniversários, dia dos pais ou mães, dia dos avós, Natal *), e todos os dias, mais voltadas para atividades do dia a dia como jantar em toda a família. juntos, dar um passeio aos domingos ou tomar o aperitivo na casa dos avós. Tudo vai depender do nosso calendário e da presença que queremos dar a eles. Mas o importante é enfatizar que qualquer tradição que queremos estabelecer em nosso lar é igualmente relevante, pois supõe uma obrigação compartilhada e um compromisso por parte de todos os membros, gerando ao mesmo tempo sentimento de unidade.
Qualquer que seja o tipo de tradição, é essencial saber adaptá-la às particularidades de nossa família. Ou seja, é inútil tentar acostumar nossos filhos a ir uma vez ao mês ao campo se supõe uma logística ampla e muitos manejos que alteram a vida cotidiana mais do que o habitual. É sempre melhor procurar alternativas simples, pois quanto mais fácil for essa rotina para o dia a dia, mais rápido a família assumirá.
Transformar um hábito em uma tradição também implica certas regras. Pertencer a esse grupo significa que cada membro pode desfrutar da confiança e da proximidade dos outros membros e tem a oportunidade de se sentir confiante e seguro com o papel que desempenha dentro da unidade familiar. No final, trata-se de estabelecer bases sólidas que permitam criar uma relação de confiança entre pais e filhos e, simultaneamente, transmitir os valores e regras que envolvem fazer parte de sua família.
Seja qual for a nossa família, o mais importante é sempre permanecer unido, consolidar laços e aprender a crescer juntos.

Vídeo: É importante não deixar morrer as tradições


Artigos Interessantes

Exames pré-natais, o que você precisa saber?

Exames pré-natais, o que você precisa saber?

Quão bonita é a experiência de gravidez, mas quantas perguntas não respondidas. Quando recebemos a notícia de que um novo membro está prestes a vir para a família, não é dado um livro de instruções....

Seus pés em boas mãos: chaves para pedicuro infantil

Seus pés em boas mãos: chaves para pedicuro infantil

A saúde dos nossos pés é uma parte essencial do nosso corpo. Por que isso é tão importante? Quais são os cuidados básicos que devemos ter sempre em mente? Quando vamos levar as crianças ao podólogo?...

Alimentos para prevenir e combater a anemia

Alimentos para prevenir e combater a anemia

O anemia É uma doença que causa fadiga e falta de energia. O responsável por esses sintomas é o falta de ferro, um mineral essencial para o bom funcionamento do corpo e que é necessário para a...