Criatividade na infância promove empreendedorismo

O criatividade É uma forma de expressão com inúmeros benefícios, que deve começar a trabalhar com crianças de pequeno porte. Embora, em princípio, pareça ser criativo, é necessário ter um talento inato, a criatividade é a maneira que temos de nos expressar usando a imaginação. Uma arte que é a base do empreendedorismo.

Diversos estudos vincularam a capacidade empreendedora à criatividade, de modo que, ao promover a criatividade, é possível dar às crianças as ferramentas que as ajudarão em sua futura colocação profissional. "A concorrência na criatividade está crescendo devido à globalização e às demandas da sociedade atual, todos os novos empregos que estão surgindo, a demanda criatividade"diz Ana Marsá, vice-diretora da Escola Européia de Madri e da BEBIN Children's School.


Como funciona a criatividade das crianças

A creatividade, mais do que um presente inato, funciona como um músculo que precisa ser exercitado para que se desenvolva. As crianças que estimulam a criatividade têm algumas características comuns, traços de uma pessoa criativa: são muito curiosas, gostam de saber o porquê e o modo das coisas e acham fácil imaginar.

Existe uma grande variedade de atividades e exercícios para trabalhar com a criatividade das crianças tanto em casa quanto na escola. Especificamente, na escola, é possível aumentar a criatividade com atividades artísticas, como música, artes plásticas e robótica, entre outras, mas também podemos implementar outras abordagens.


Como dar uma abordagem criativa e empreendedora no dia a dia

1. Permita que as crianças cometam erros. Perceber os próprios erros de alguém para corrigi-los é essencial para a criança encorajar sua criatividade. Precisamente, a busca de soluções é para as crianças a melhor maneira de adquirir um bom aprendizado para resolver problemas.

2. Aprenda a investigar. É a melhor maneira de as crianças aprenderem a documentar um tópico proposto. É conveniente dar-lhes algumas orientações de antemão e dar-lhes algumas pistas para que saibam onde procurá-las, para que possam ser documentadas da maneira mais apropriada.

3. Dê vida a uma história. Com um par de palavras-chave, as crianças podem imaginar uma história ou uma história, que pode ser traduzida em desenhos no papel para contar de forma gráfica. Dessa forma, eles favorecem e desenvolvem sua criatividade, em outro nível, que não é a linguagem verbal.


4. Crie uma mini-empresa. De que? O que eles mais gostam Uma confeitaria, brinquedos ... Imaginando a sua própria empresa como um jogo, onde todos têm o seu papel, o seu papel de chefe, por exemplo, e os bonecos, os seus empregados. O jogo simbólico pode ajudar muito o desenvolvimento da criatividade empresarial nas crianças.

Marisol Nuevo Espín
Conselho:Ana Marsá, vice-diretor da Escola Europeia de Madrid e da Escola Infantil BEBIN

Vídeo: Café Economia Criativa - Léo Feijó


Artigos Interessantes

Dicas para escolher o nome do bebê

Dicas para escolher o nome do bebê

Você está esperando por um bebê e ainda não sabe qual nome colocar? Escolher o nome de nossos filhos nem sempre é uma tarefa simples. Existem inúmeros guias na Internet que podem nos inspirar, mas o...

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Todos, em maior ou menor medida, mais ou menos conscientemente, vivemos situações que deixaram sua marca em nós. O problema aparece quando esse traço nos impede de levar uma vida normal, nos causa...

A venda de livros infantis ressurge

A venda de livros infantis ressurge

O que você dá a ele? Entre as propostas de presentes para nossos filhos, os melhores são sempre educativos e, dentro deles, os livros. Um pensamento que cada vez mais se estende entre os pais, pelo...