Falar em público: falar em público, um assunto pendente

Falar em público É um dos grandes assuntos pendentes na Espanha. E é que o oratório está ausente no currículo escolar, apesar dos grandes benefícios que tem para a nossa vida diária e para o futuro profissional.

Para ser um bom orador, é necessário ser capaz de remover medos e aprender duas questões fundamentais: por um lado, a gestão das emoções e, por outro lado, falar em público. Nas aulas de oratória, os alunos aprendem a escrever e a apresentar um discurso, a fazer um monólogo de humor, a defender suas idéias em um debate ou a saber quais posturas e gestos devem ser eliminados para ser um bom orador.

O controle das emoções no palco

O objetivo das aulas de falar em público é lançar as bases da expressão da criança perante o público. Ao mesmo tempo, os alunos adquirem habilidades sociais, exercitam empatia, trabalham em equipe e aprendem a administrar suas emoções. Tudo isso através de atividades divertidas, dinâmicas de grupo e exercícios de interpretação para aproveitar o aprendizado.


Para isso, contarão com professores especializados em crianças e adolescentes, dedicados à Inteligência Emocional e ao Oratório, que lhe mostrarão o caminho para ser a melhor pessoa, enquanto aprendem habilidades sociais para falar em público.

Através de atividades lúdicas, dinâmicas de grupo e exercícios de interpretação, as crianças podem aprender a controlar suas emoções e desenvolver a capacidade de se expressar oralmente perante o público.

Gestão de emoções para aprender a falar em público

Oratório trabalha para controlar certas emoções para melhorar a comunicação em público:


1. Assertividade: tudo pode ser dito nesta vida, mas depende de como você diz
2. Empatia: coloque-se no lugar dos outros
3. escuta ativa: preste atenção e ouça com os cinco sentidos
4. Auto-estima: ame-se
5. tolerância: respeitar aos demais

Saber administrar as emoções que o ser humano carrega como uma série (medo, tristeza, felicidade, raiva, nojo e surpresa), são alguns dos tópicos que também são tratados, "sujeitos" importantes para "crescer" como pessoas e, como indicado objetivo da inteligência emocional, seja mais feliz.

Marina Berrio
Conselho: Escola Europeia de Oratória

Vídeo: 3° HANGOUT - VOZ SEM LIMITES - CUIDADOS COM A VOZ (DICAS, MITOS E VERDADES) e AQUECIMENTOS (VOCAI...


Artigos Interessantes

Vantagens e desvantagens do co-sleeping

Vantagens e desvantagens do co-sleeping

É na mente da maioria das pessoas que dormir com um bebê é perigoso; Todos nós já ouvimos falar de alguém que morreu enquanto estava na cama de seus pais E se eu o esmagar? E se sufocar? Muita...