5 video games para curtir com a família

Pais e mães concordarão que a coisa mais linda sobre ter um filho é passar tempo com ele. Numerosas atividades nos são apresentadas como uma família, desde uma caminhada até uma peça. É claro que passar as horas reunidas é algo muito agradável e que faz os laços entre pais e filhos, enchendo a mente de todos com infinitas memórias familiares.

Hoje em dia, surgiram mais atividades que se juntam ao amplo alcance que já existe. As novas tecnologias oferecem espaços que pais e mães podem compartilhar com seus filhos. É o caso dos videogames, pois muitos desses produtos são um formato que convida as famílias a participar de um desafio, seja para competir entre si ou para conquistar um objetivo em que todos devem participar para conquistá-lo.


O que os videogames ensinam às crianças?

Muitos erroneamente acreditam que o mundo dos videogames é um universo violento que torna os seres menos introvertidos que preferem esse espaço virtual ao real. No entanto, existem numerosos títulos nos consoles que trazem benefícios para as crianças, pois estimulam a criatividade de nossos filhos e também apresentam um cenário em que os pequenos podem brincar juntos com seus amigos e até com seus amigos.

Além disso, vários videogames ensinarão os menores tão importantes quanto a responsabilidade de aprender a administrar um núcleo familiar, como é o caso de "The Sims". Outros títulos como o "Minecraft" irão incentivar a criatividade dos nossos filhos, oferecendo-lhes um mundo para construir a partir do zero e onde as crianças tenham a oportunidade de criar uma realidade que, como o único limite, terá a sua imaginação.


Cinco videogames para curtir com a família

1. Minecraft. Um simples videogame que oferece numerosas possibilidades para quem o joga. Este título oferece aos jogadores a possibilidade de mergulhar em um universo em que o usuário deve construí-lo, de uma casa a uma cidade completa, eles podem ser construídos. É claro que esse videogame também representa o desafio de coletar todas as matérias-primas necessárias para sobreviver, desde a madeira até a construção de um lar para alimentar o avatar do jogador.

2. Os Sims. Este video game já está em sua quarta edição. Desta vez, os jogadores enfrentarão o desafio da própria vida, porque neste título a missão é simples: manter uma casa. Uma vez que o avatar é criado à imagem e semelhança do jogador, será necessário procurar uma casa, conseguir um emprego, relacionar-se com outros personagens e satisfazer as necessidades de cada ser humano. Uma boa opção para ensinar nossos filhos a serem responsáveis ​​e se divertir assistindo a uma versão virtual de nossa própria família.


3. Wii Sports. Este título rompe com a imagem do jogador sedentário que muitas pessoas terão em mente. Uma vasta gama de possibilidades abre-se neste videojogo, onde as famílias podem competir entre si de várias formas. De uma partida de tênis, a uma partida de boliche ou a um torneio de golfe. Escolha o esporte que você mais gosta na família e divirta-se em uma divertida competição para descobrir quem é o campeão da casa.

4. Cante Estrela. Todos nós temos um artista dentro e sempre gostamos de tirá-lo. Com este título podemos desfrutar de um momento na família compartilhando músicas de todos os tempos. Uma competição engraçada nesse karaokê virtual que fará mais do que uma risada para ver os dons artísticos de sua família. Das canções da Disney aos maiores sucessos dos anos 80, o show não tem fim!

5. O livro de feitiços. "Você precisa ver para acreditar", diz o lema desse videogame em que a magia é o protagonista. Com este título, nossos filhos se sentirão como o próprio Merlin e aprenderão as muitas magias deste videogame. Descubra juntos quem é o melhor mágico da família neste jogo de vídeo que fará a fantasia dominar a sala de estar.

Damián Montero

Vídeo: GAME PASS #06: Jogos para curtir em família!


Artigos Interessantes

TDAH, o desafio de fazer amigos

TDAH, o desafio de fazer amigos

O que é diferente sempre causa alguma coisa de medo. Deixar a zona de conforto e saber algo diferente custa muito e é por isso que quando uma criança não se ajusta ao cânone normal, ela pode ser...

Jogo livre, porque é tão bom para as crianças?

Jogo livre, porque é tão bom para as crianças?

Vamos enfrentá-lo: temos medo do tempo livre. Parece muito com horror vacui no art. Isso nos dá a impressão de que, se por um tempo não temos nada a fazer, não estamos sendo produtivos e a...

Pais e novas tecnologias, você prega pelo exemplo?

Pais e novas tecnologias, você prega pelo exemplo?

Muitos pais são claros sobre as regras que devem ser passadas aos filhos em relação ao uso de novas tecnologias. Mas eles aplicam essa lei? Os adultos pregam pelo exemplo e aplicam o mesmo conselho...