Smartphone, 4 truques para proteger sua privacidade

Os usuários salvam todas as informações no smartphone: fotos, vídeos, contatos, e-mails etc. Assim, os telefones tornam-se um dispositivo para transportar nossa privacidade. Por essa razão, e dada a possibilidade de que todos esses dados caiam em outras mãos, se os perdermos ou se forem roubados, é essencial tomar algumas precauções para proteger e proteger a nós mesmos.

1. Assista ao download de aplicativos em seu smartphone

Atualmente, mensagens, publicidade e, acima de tudo, o download de aplicativos são acompanhados por uma série de vírus que podem desativar seu telefone. Portanto, é necessário seguir uma série de recomendações para manter os vírus longe do seu smartphone:


- Localize aplicativos com vírus. Existem várias ferramentas para verificar se existe um aplicativo que tenha um vírus no seu smartphone. Além de verificar se seus aplicativos não têm vírus, verifique se todos os aplicativos estão atualizados em sua versão mais recente e verifique se o dispositivo está configurado corretamente.

- Leia as permissões antes de um download. É comum ver que a maioria dos usuários aceita as condições dos aplicativos sem ler o documento no qual eles precisam de permissão. Isso pode ser causa de entrada de vírus no seu celular. Por esse motivo, é necessário que você leia atentamente a permissão solicitada e, para concluí-la, consulte as opiniões dos demais usuários que já fizeram o download do aplicativo e puderam descobrir alguns problemas.


- Verifique se eles são aplicativos validados. Antes de baixar um aplicativo, é necessário verificar se este aplicativo foi validado. Para fazer isso, verifique se o nome do desenvolvedor aparece ao lado do nome do aplicativo antes de comprá-lo, se é pago ou gratuito.

2. Evite Wi-Fi público ao usar o smartphone

Quando as conexões não são seguras, você coloca seu dispositivo móvel em risco e, com ele, todas as informações nele contidas. Portanto, é importante seguir uma série de recomendações sobre a conexão do seu telefone:

- Evite dar suas informações pessoais. É muito freqüente que os usuários, que desejam se conectar gratuitamente, usem um Wi-Fi público. Nesse caso, o mais importante é que, se você for usá-lo, pelo menos, não forneça nenhuma informação pessoal enquanto estiver conectado a esta rede.

- Use uma conexão SSL.Para verificar a segurança das páginas que você vai navegar, é aconselhável usar uma conexão SSL. Para isso, você terá que escrever sempre // seguido do nome do domínio antes de visitar qualquer página.


- Verifique se o certificado é válido. Em muitos casos, o usuário não percebe que não está navegando pela página da Web autêntica. Para que isso nunca aconteça, é necessário verificar se o certificado que usa a página é válido e a página a que se refere não é falsa.

3. Use redes privadas seguras com seu smartphone

- Use a rede privada virtual (VPN). A rede privada virtual é uma tecnologia que permite a conexão segura. Uma vez que a conexão é criada, todas as informações são transmitidas de forma criptografada e segura para que você possa navegar sem medo de expor suas informações privadas.

- Evite a conexão automática a um Wi-Fi público. Para evitar que o seu telefone se conecte automaticamente a uma rede Wi-Fi, você deve desativar essa opção no seu smartphone. Desta forma, você nunca se conectará sem consentimento prévio.

4. Proteja suas informações no smartphone

Atualmente, o maior medo dos usuários é perder o celular ou ser roubado. Nesse caso, é necessário que o celular esteja devidamente protegido para que ninguém possa acessar suas informações:

- Tranque o telefone. Muitos usuários decidem não bloquear o telefone por causa da inconveniência de ter que desbloqueá-lo toda vez que quiserem consultá-lo. No entanto, este passo é totalmente necessário para estabelecer uma primeira barreira para que ninguém possa acessar seus dados no início, se o seu Smartphone cair nas mãos de outra pessoa.

- Criptografe as informações. Além de bloqueá-lo, o usuário também pode criptografar todas as informações que deseja em seus telefones: contas, aplicativos, fotos ou vídeos. Uma vez criptografado o celular, o usuário precisará de outra senha adicional para descriptografá-lo toda vez que você ligá-lo.

- Ativar o fator de dupla autenticação. Finalmente, recomenda-se ativar a medida de segurança do fator de dupla autenticação. Dessa forma, toda vez que você fizer login em uma de suas contas, o serviço enviará uma senha ao seu celular. Então, apenas digitando essa senha, você pode acessar seu smartphone.

Patricia Núñez de Arenas

Vídeo: Facebook Pequenos Segredos e Privacidade


Artigos Interessantes

Dicas para escolher o nome do bebê

Dicas para escolher o nome do bebê

Você está esperando por um bebê e ainda não sabe qual nome colocar? Escolher o nome de nossos filhos nem sempre é uma tarefa simples. Existem inúmeros guias na Internet que podem nos inspirar, mas o...

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Trauma: o que pode causar um trauma e por quê?

Todos, em maior ou menor medida, mais ou menos conscientemente, vivemos situações que deixaram sua marca em nós. O problema aparece quando esse traço nos impede de levar uma vida normal, nos causa...

A venda de livros infantis ressurge

A venda de livros infantis ressurge

O que você dá a ele? Entre as propostas de presentes para nossos filhos, os melhores são sempre educativos e, dentro deles, os livros. Um pensamento que cada vez mais se estende entre os pais, pelo...