A influência de um ambiente violento no desempenho acadêmico da criança

Muitos aspectos influenciam a educação de uma criança. Não só os pais e a escola estão marcando o desenvolvimento de uma pessoa quando ela é pequena, há um ambiente ao redor que também marca o tipo de pessoa que será no futuro. Neste aspecto, o último estudo do Universidade do Noroeste em Evanston, Illinois.

Neste trabalho, os pesquisadores se concentraram em avaliar a influência de um ambiente marcado por violencia no menor. Um ambiente marcado por essas características faz com que as crianças tenham notas ruins quando vivem em um clima de estresse que afeta a qualidade do sono, entre outros aspectos.


Estresse e violência

Pesquisadores dessa universidade inicialmente associavam estresse e meio ambiente violento. As crianças que se desenvolvem nesse ambiente, seja por causa das atividades que realizam ou por causa do conteúdo que assistem na televisão, apresentam níveis mais altos de estresse. Isso pode se traduzir em maior dificuldade para descansar e apresentar um nível adequado de sono para o dia escolar?

Para verificar isso, os pesquisadores reuniram 82 estudantes de 11 a 18 anos para verificar a influência do meio ambiente em seu nível acadêmico. Os alunos que moravam em áreas onde havia maior nível de violência tinham níveis de repouso abaixo da média. Isso acabou resultando em menor desempenho acadêmico.


Uma perspectiva interessante desde que coexistência Com violência, pode ser extrapolado para outros pontos. Por exemplo, o conteúdo que eles veem na televisão ou o comportamento que seus pais mostram em casa na forma de discussões. "Tanto o sono quanto o cortisol estão ligados à capacidade de aprender e realizar tarefas acadêmicas, e nosso estudo identifica um caminho pelo qual a violência pode afetar o desempenho acadêmico", diz Jenni Heissel, autora principal.

Monitoramento Parental

Os pais podem fazer muito para evitar essa influência da violência em seus filhos. O primeiro passo é tentar n subir na frente do menor. O clima de diálogo deve ser uma constante em casa. O segundo passo deve ser atender aos conteúdos que as crianças visualizam ao longo do dia. A qualificação para as idades deve sempre ser revisada antes de permitir o consumo desses produtos.


Os videogames também devem ser valorizados e atender ao classificação etária desses artigos para impedir que conteúdo impróprio para sua idade seja usado por eles. Quanto às amizades das crianças, aqui estão algumas dicas para lidar com a situação caso você não termine de gostar:

Diferenciar entre amizade boa e ruim
Amizades negativas são aquelas que contradizem os valores que os pais estão ensinando à criança, isto é, aqueles que induzem a comportamentos inadequados, manipulam e pressionam a criança a fazer coisas que os jovens realmente não querem.

Não critique seus amigos
Atacar seus amigos fará com que o adolescente os defenda. É melhor questionar atitudes específicas, induzir as crianças a refletir e não esquecer que a persuasão é melhor que a proibição.

Conheça a amizade
Muitas vezes, relacionamentos amigáveis ​​nesses estágios são devidos à falta de autoconfiança. Nesse caso, você deve parar de insistir para que pare de se relacionar com essa pessoa, especialmente se ela for sua melhor amiga, e reforçar sua auto-estima para que ele mesmo evite ser facilmente manipulado.

Tenha uma boa comunicação em casa
A comunicação evita todos os tipos de problemas. É importante conversar com seus filhos sobre os riscos envolvidos em manter amizades perigosas, evitando gritos e sermões. Apostar em comunicação aberta é sempre a solução.

Damián Montero

Vídeo: Novos Arranjos Econômicos-Tecnológicos: Relatos com Renato Dagnino, Gabriel Menezes e Júlio Maestri


Artigos Interessantes

Jogos com os quais facilitar o retorno à escola

Jogos com os quais facilitar o retorno à escola

O De volta à escola já está aqui. O verão é dispensado, a escola reaparece no horizonte junto com as responsabilidades que um ano acadêmico implica para as crianças. Um momento que, embora esperado,...

Semana 23. Gravidez semana a semana

Semana 23. Gravidez semana a semana

Mudanças físicas e psicológicas de mulheres grávidasVinte e três semanas de gravidez já passaram. Semana após semana você tem notado todas as mudanças que acontecem em seu corpo pouco a pouco e...