Atividades com as quais favorecer a aprendizagem da matemática

Eles têm uma reputação de serem chatas e a cultura popular tem sido responsável por fazer matemática ser visto como um dos assuntos mais temidos pelos alunos. Mas a realidade é bem diferente, essa questão pode ser tão divertida quanto qualquer jogo que ocupe o tempo de lazer dos pequenos.

De fato, matemática e jogar não estão em desacordo. Essas atividades lúdicas podem até favorecer o ensino desse assunto, a priori, difícil para os pequenos. Isto é destacado por Adela Salvador, do corpo docente da Universidade Politécnica de Madrid, em uma de suas obras.

Jogo e aprendizagem

Salvador apresenta o jogo como um veículo através do qual os alunos podem entender diferentes conceitos e internalizá-los. Essas atividades também permitem consolidar o que é conhecido e os processos já adquiridos e fortalecer o automatismos que compõem a aprendizagem de qualquer assunto. Por que não aplicar essas atividades à matemática?


Entre as vantagens de usar o jogo no aprendizagem de matemática incluem:

- Ajuda os alunos a adquirir altos níveis de destreza no desenvolvimento do pensamento matemático.

- Serve para ensinar conteúdos e estratégias na resolução de problemas.

- Gera uma motivação maior nas crianças, favorecendo seu entusiasmo pelo assunto.

- Os jogos ajudam a construir uma ampla rede de dispositivos que permitem à criança assimilar uma realidade e incorporá-la ao seu dia a dia.

Jogos para aprender matemática

Estes são alguns exemplos de jogos que servem para ensinar o uso da matemática através do atividades:


- A pequena loja. Gerenciar uma loja requer o uso de pequenas operações matemáticas: adição e subtração, divisões. Colocar a criança no papel de gerente do comércio e fazê-lo pensar antes de coletar ou receber uma quantidade de dinheiro favorecerá o desenvolvimento desse assunto.

- Divida a torta. Uma maneira muito simples de ensinar frações aos pequenos é ensinar que a unidade é como um bolo e os pedaços nos quais as frações são divididas.

- Lista de compras. Um orçamento é atribuído ao menor e eles recebem uma lista de compras. Em seguida, eles são convidados a "comprar" em um supermercado, oferecendo produtos diferentes a preços diferentes. O objetivo é que você saiba como escolher e enquadrar o que você carrega na bolsa com o custo dos itens.

Damián Montero

Vídeo: 5 dicas para MELHORAR A APRENDIZAGEM dos alunos


Artigos Interessantes

Mães fazem mais da metade dos telefonemas de assédio

Mães fazem mais da metade dos telefonemas de assédio

A luta contra intimidação é algo que incuba todas as entidades da sociedade, dos cidadãos comuns, aos estudantes e até aos poderes governamentais. De fato, do Ministério da Educação, foi criado um...