6 novos canais de comunicação entre escolas e famílias

Depois das férias de verão, é hora de voltar à escola e as escolas retomam a comunicação com os pais de seus alunos. Hoje em dia, com as novas tecnologias, existem inúmeras maneiras de conectar pais, professores e alunos, mas é necessário aproveitar ao máximo cada um deles para não gerar elementos disruptivos.

A comunicação entre pais, alunos e escola é um eixo fundamental de qualquer grande escola. Mas isso pode ser um desafio porque a instituição educacional deve combinar as ferramentas, o treinamento, o tempo, a equipe e o suporte técnico. Portanto, é necessário conhecer a utilidade de cada ferramenta tecnológica para saber como aproveitá-la melhor.


O planejamento de comunicações entre pais e escola É fundamental evitar conflitos e desinformação. Para usar todos os canais e tecnologias disponíveis neste retorno à escola, explicamos seis áreas-chave nas quais um centro educacional deve se concentrar para melhorar a participação de alunos e pais.

6 canais de comunicação entre escolas, pais e alunos

1. Site. A função de um site é coletar todas as informações gerais relacionadas à escola. À medida que mais e mais usuários navegam na Web por meio de telefones celulares, é importante que o site seja compatível com dispositivos móveis. Além disso, deve ser o ponto de referência para redes sociais e outros canais, como vídeos ou blogs. Algumas das chaves que devem estar presentes neste canal de comunicação são as características do centro, seu conselho de administração e acesso ou atividades.


2. Redes Sociais Estes se tornaram o mostruário, a imagem pública do centro. Eles são um meio de ensinar e conectar. No entanto, é um meio sensível, por isso é necessário escolher cuidadosamente quais redes sociais serão usadas, qual o momento apropriado para usá-las e, acima de tudo, proteger as informações privadas de nossos usuários e alunos.

3. Mensagens instantâneas Esse meio deve ser usado para notícias e alertas que exijam imediatismo, como encerramentos, alterações de horários e lembretes. Isso constitui uma forma direta de comunicação e, para garantir sua efetividade, é necessário evitar transmitir através dela poucas informações relevantes ou falsas mensagens.

4. App. As aplicações estão se tornando um método muito popular, porque facilita as tarefas do dia-a-dia, como acessar o calendário, a programação ou o menu das instituições educacionais. Além disso, é uma ferramenta que pode integrar as funções de telefone, e-mail e mensagens instantâneas.


5. E-mails. Não é uma ferramenta nova, mas ainda é fundamental para as escolas. A maioria dos pais tem contas de e-mail e prefere receber informações por este meio, pois é uma forma de comunicação pessoal e pode conter mensagens extensas, se necessário. No entanto, você pode ter problemas, como não ter a certeza de que os emails foram recebidos ou que eles acessam a pasta de spam.

6. Blog. Um blog como blog pode ser uma das melhores maneiras de envolver os pais na escola. A escola pode usá-los para articular, apoiar e esclarecer informações, bem como para contar histórias. É uma maneira de gerar um diálogo e seu conteúdo não precisa ser sempre sério, pois você pode compartilhar idéias, fotografias e anedotas.

Isabel López Vásquez
Conselho: TokApp

Vídeo: SOTAQUE


Artigos Interessantes

O perigo de brincar com um ponteiro laser

O perigo de brincar com um ponteiro laser

Apesar do controles que as administrações públicas exercem sobre os brinquedos para garantir que sejam adequados para as crianças, existem milhares de objetos que escorregam no mercado sob a...

Câncer infantil: razões para esperança

Câncer infantil: razões para esperança

A incidência de câncer em crianças é muito baixo, só responde por 3% de todos os cânceres, atingindo Sobrevivência de até 70-80%. NoDia Internacional da Criança com CâncerA Federação Espanhola de...