As férias acabaram, dicas para devolver a rotina ao lar

O Natal acabou, temos que esperar a Páscoa e o verão para desfrutar de um período de descanso, bem merecido. Agora, o que corresponde é mergulhar de novo no rotinas e em obrigações, tanto adultos como menores. Um objetivo que pode custar muito desde o início, já que durante essas datas o cronograma desapareceu e agora a retomada é difícil para qualquer um.

Mas não há outro, temos que integrar o rotinas em casa e fazer cada um dos membros do mesmo readapten para cumprir suas obrigações. Em pouco tempo, a meta será alcançada e toda a família cumprirá seus compromissos.

Dormir, o que é importante

Tanto o trabalho como a escola e o instituto exigem o levantar cedo. Durante a época de Natal, os horários foram interrompidos e entre as saídas, refeições em família e visitas a outros parentes quando se deitar e acordar puderam ficar chateado. No entanto, este é o primeiro passo para voltar à rotina, garantir um bom horário de sono para atender as obrigações.


Para fazer isso, nada melhor do que ficar todo mundo acostumado a ir para a cama na mesma hora. Esta deve ser a primeira rotina a adaptar-se para evitar a fadiga. Os pais devem garantir que seus filhos durmam e garantir que não haja nenhum elemento em seu quarto que possa distraí-los e alterar seu descanso. Da mesma forma, os adultos também devem garantir que eles sigam esse costume e sirvam de exemplo para os pequenos.

Uma rotina também assume horários muito marcadoAssim, nos primeiros dias, o corpo deve se adaptar a eles novamente. Hoje em dia, os pais devem garantir que esses hábitos não sejam relaxados e que, se houver "cinco minutos a mais", não adiem a atividade. Se antes das férias houve uma hora para estudar e fazer o dever de casa, este deve ser devolvido assim que voltar à escola.


A criança deve entender que as férias acabaram e que ele não pode gastar tanto tempo lazer. A melhor coisa nesses casos é garantir que nenhuma atividade seja iniciada e que possa ser continuada a longo prazo. Durante os momentos de descanso, é melhor gastar tempo conversando do que começar a assistir a um filme ou série que o convida a ficar no sofá a tarde toda.

A importância de ser feliz

Voltando à rotina não só supõe cumprir a rajatabla alguns horários, também é preciso vigiar para cuidar do estado de espírito de todos. Portanto, do Associação Espanhola de PediatriaAEP, é aconselhável incluir o exercício como um costume no dia a dia das pessoas. Gerardo Rodríguez, coordenador do Grupo de Trabalho de Atividade Física deste órgão, lembra que "a atividade física adequada está relacionada ao melhor desempenho escolar e a um melhor estado mental das crianças".


Como dito anteriormente, entre as obrigações você também deve retornar rotinas que incluam lazer. Comece a estudar apenas depois da comida Será de pouca utilidade, uma vez que a digestão é acompanhada por um período de sonolência que impede que seja eficaz em qualquer atividade mental. Portanto, nada melhor do que um pequeno cochilo, nunca mais de 20 minutos, como recomendado por especialistas, para que o corpo tenha energia para começar.

No pós-jantar, você também pode apostar por um momento de conversa em que as crianças podem contar como foi seu dia. Chegou em fim de semana lembre-se também que você tem que descansar para recarregar as baterias e voltar ao máximo na próxima segunda para enfrentar outros dias de obrigações. Nem toda rotina é obrigação, você também tem que assistir para desconectar e ter sua mente livre de encargos.

Damián Montero

Vídeo: Susto com Ursinho | Câmeras Escondidas (05/02/17)


Artigos Interessantes

Estresse pós-traumático: como superar

Estresse pós-traumático: como superar

Ao longo da vida, qualquer um de nós pode viver uma experiência que escapa ao nosso controle, nos causa medo e nos faz sentir aterrorizados e horrorizados. Essas experiências podem ser muito variadas...

Bondade: 30 ideias para aprender a dar graças

Bondade: 30 ideias para aprender a dar graças

Quando as crianças são pequenas, especialmente antes dos 6 anos, a gentileza é alcançada pela repetição de atos, porque não têm capacidade de compreender as profundas razões da educação e das boas...